Conif e OEI avançam em parceria para mobilidade internacional de servidores e estudantes

Promover o intercâmbio educacional e científico entre docentes, técnicos e estudantes da rede federal de educação profissional e tecnológica com países ibero-americanos. Este foi o ponto central da reunião ocorrida nesta quarta-feira (22), em Brasília, entre representantes do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e da Organização de Estados Ibero-Americanos (OEI).

A ideia, segundo o reitor do Instituto Federal de Brasília (IFB), Wilson Conciani, membro da Câmara de Relações Internacionais do Conif, é ampliar a participação de estudantes da rede federal no Projeto Paulo Freire, coordenado pela OEI, e a oferta de capacitação de servidores em programas de mobilidade acadêmica internacional.

Reditec – A reunião também debateu a elaboração de proposta conjunta entre Conif, OEI e Organização Universitária Interamericana (OUI) a ser apresentada na próxima Reditec (Búzios, 10 a 14/9). As instituições promoverão a mesa-redonda "Redes Internacionais", prevista para o dia 13. Participaram da reunião, além de Conciani, o diretor da OEI Brasil, Raphael Callou, o ex-secretário-geral da instituição e atualmente assessor da entidade, Paulo Speller, e a assessora internacional do Conif, Ana Carolina Oliveira.

Parceria – Em outubro de 2016, Conif e OEI assinaram protocolo de intenções com vistas à realização de cursos, conferências, encontros, palestras, seminários, intercâmbios acadêmicos e outros eventos que congreguem especialistas das diversas áreas do conhecimento.

 

Texto: Felipe De Angelis – IFB

Please publish modules in offcanvas position.