Representantes do Conif participam de reunião sobre o PEC-G

reunião sobre o PEC GRepresentantes do Ministério das Relações Exteriores (MRE), do Ministério da Educação (MEC) e de Instituições de Ensino Superior em todo o país participaram da reunião de Seleção de candidaturas do Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G) para o ano de 2022. O encontro foi realizado em Brasília, nos dias 25 a 27 de outubro.

O PEC-G foi criado oficialmente em 1965 e oferece a estudantes de países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantém acordo educacional, cultural ou científico-tecnológico, a oportunidade de realizar seus estudos de graduação em Instituições de Ensino Superior (IES) brasileiras.

Nove instituições da Rede Federal fazem parte do Programa, seja com a oferta de cursos de Português como Língua Adicional (atividade preparatória), ou com a oferta de vagas em cursos de graduação. O Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) foi representado na reunião pela assessora internacional do Conselho, Ana Carolina Oliveira, e pelo diretor de Relações Internacionais do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), Vilton Soares.

Durante a atividade de avaliação das candidaturas do PEC-G, os representantes do Conif ressaltaram o interesse em ampliar a participação da Rede no Programa, destacando a sua capilaridade e interiorização. Para isso, um grupo de trabalho será criado para definir, junto aos ministérios de Educação e das Relações Exteriores, linhas de ação e incremento do programa na Rede Federal.

Seleção – No último edital 280 estudantes de 33 países apresentaram suas candidaturas. Pelo programa, o aluno selecionado cursa gratuitamente a graduação. Em contrapartida, deve atender a alguns critérios, como a provar que é capaz de custear suas despesas no Brasil, ter certificado de conclusão do Ensino Médio ou curso equivalente e proficiência em língua portuguesa.

Assessoria de Comunicação do Conif

Please publish modules in offcanvas position.