Inscrições abertas para o VII Prêmio SFB em Estudos de Economia e Mercado Florestal

mapa concurso A sétima edição do Prêmio Serviço Florestal Brasileiro em Estudos de Economia e Mercado Florestal está com as inscrições abertas até o dia 30 de junho de 2022. A iniciativa, também conhecida como Prêmio SFB de Monografias, visa reconhecer trabalhos realizados no campo de estudos florestais e receber contribuições e propostas aplicáveis às políticas voltadas ao setor.

Podem concorrer à premiação trabalhos elaborados de forma individual ou em grupo, nas categorias Profissional ou Graduando, de candidatos de qualquer nacionalidade e formação acadêmica que atendam às condições do Edital nº 2/2022, publicado pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

O prêmio é voltado tanto para estudantes quanto para profissionais e possui como tema central a Economia e o Mercado Florestal. Serão aceitos trabalhos sobre concessões florestais; PIB Verde; sistema tributário do setor florestal; comércio internacional; tendências para os segmentos de florestas plantadas e/ou nativas; impactos econômicos e de mercado da Lei de Proteção da Vegetação Nativa; instrumentos econômicos e financeiros voltados ao setor florestal; e outros subtemas, desde que vinculados ao tema principal.

Ao todo, serão distribuídos R$ 85 mil entre os ganhadores desta edição. Na categoria Profissional, serão entregues R$ 25 mil, R$ 15 mil e R$ 10 mil ao primeiro, segundo e terceiro lugares, respectivamente. Os ganhadores da categoria Graduando receberão R$ 20 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil. Também faz parte da premiação a entrega de troféu e certificado, além da publicação da monografia em formato eletrônico.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas por meio do formulário eletrônico específico disponível neste link. Os critérios de avaliação adotados pela Comissão Julgadora para a análise dos trabalhos incluem: importância do tema do trabalho; originalidade da pesquisa; contribuição para a produção de conhecimento na área; relevância e contribuição para aplicação na administração pública, com ênfase nas políticas relacionadas ao SFB; qualidade da argumentação; adequação metodológica e clareza; e concisão e correção do texto.

O diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro (SFB), Pedro Neto, destaca que o prêmio é uma importante ação que incentiva estudos e pesquisas sobre economia e mercado florestal, em particular, sobre a produção florestal sustentável no Brasil e seus desafios e perspectivas socioeconômicas e ambientais. “Esta ação estimula a reflexão sobre as temáticas florestais entre acadêmicos, profissionais da área, formadores de opinião e o público em geral, abrangendo e divulgando novos estudos, tecnologias e perspectivas sobre o tema”.

Além disso, Pedro Neto ressalta que a inciativa fornece importantes subsídios para o SFB na identificação de temas relevantes para a formulação e implementação de políticas de desenvolvimento florestal, “estimulando a produção técnico-cientifica em torno de programas que possam fornecer elementos para o aprimoramento das políticas públicas a cargo do SFB”.

>> Clique aqui para saber mais e inscrever seu trabalho

A divulgação dos aprovados na fase final e, em seguida, da lista com os finalistas estão previstas para o mês de setembro.

Recursos poderão ser interpostos aos resultados preliminares das avaliações da Comissão Julgadora, no prazo de três dias úteis, contados de suas publicações, e deverão ser dirigidos à Diretoria de Inovação da Enap, exclusivamente por meio do endereço de e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

O Prêmio é promovido pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB), órgão vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (Enap), responsável pela realização da edição 2022. Outras informações podem ser solicitadas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Fonte: Matéria originalmente publicada no site do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Please publish modules in offcanvas position.