Nova diretoria do Conif será empossada em fevereiro

IMG 1837A Diretoria Executiva do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), eleita para a gestão 2022, será empossada no dia 15 de fevereiro, às 11h. A solenidade será virtual e transmitida para toda a comunidade acadêmica da Rede Federal pelo canal do Conif no YouTube.

Claudio Alex Jorge da Rocha, reitor do Instituto Federal do Pará (IFPA), foi o escolhido para presidir a Entidade em 2022. Também farão parte da nova diretoria as reitoras: Maria Leopoldina Veras Camelo, do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE), que assume como vice-presidente Assuntos Acadêmicos; Nídia Heringer, reitora do Instituto Federal Farroupilha (IFFar), que foi eleita como vice-presidente de Relações Parlamentares; Deborah Santesso Bonnas, reitora do Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM), que será a vice-presidente de Relações Institucionais; e Luciana Miyoko Massukado, reitora do Instituto Federal de Brasília (IFB), titular da vice-presidência de Assuntos Administrativos.

Essa será a primeira vez, desde a criação do Conselho, em 2008, que um representante da Região Norte será presidente do Conif. Além disso, também será inédito a ocupação das quatro vice-presidências por mulheres. A diretoria do Conif é composta por um representante de cada uma das cinco Regiões do Brasil, com a premissa dar mais representatividade e pluralidade a gestão do Conselho.

Eleição – O pleito ocorreu em novembro de 2021, durante a 106ª Reunião Ordinária do Conif, realizada em Brasília, com chapa única. A votação ocorreu por meio do Sistema de Votação On-Line Helios, que permite a realização de eleições através da Internet e com auditoria aberta ao público. Representantes das 41 instituições vinculadas ao Conif puderam votar. A eleição contabilizou 36 votos a favor e cinco ausências.

Conif – Criado em 24 de março de 2009, o Conselho tem dentre os objetivos a valorização, o fortalecimento e a consolidação dos 38 institutos federais, dois centros federais de educação tecnológica (Cefets) e o Colégio Pedro II – que, juntos, contabilizam mais de 600 unidades em todo o País.

Assessoria de Comunicação do Conif
Texto: Marcus Fogaça
Foto: Gildo Júnior/IFRR

Please publish modules in offcanvas position.