Docentes da Rede Federal apresentam resultados de capacitação na Finlândia

O professor de administração do Ifal Victor Souza Sgarbi já conseguiu implementar parte do conhecimento adquirido na Universidade de Ciências Aplicadas de Tampere (TAMK, na sigla em inglês) em sua instituição de origem. “Com o método de ensino ativo, o aluno passa a desempenhar um papel participativo no aprendizado e o docente deixa de ser o único detentor do conhecimento. É necessária uma mudança de mentalidade pedagógica”, observa.

Para o presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Marcelo Bender Machado, a capacitação em instituições de ensino da Finlândia proporciona aos professores da Rede contato com um modelo inovador de educação profissional. “A iniciativa possibilita que os conhecimentos adquiridos naquele país sejam aplicados em nossas salas de aula aqui no Brasil”, enfatiza.

Ao total, o Professores para o Futuro já capacitou mais de 100 docentes. A partir de experiências educacionais finlandesas, o programa apoia a pesquisa aplicada e contribui para o aperfeiçoamento dos cursos ofertados pela Rede Federal. A iniciativa é uma parceria da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação (MEC) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Estiveram presentes ao seminário de certificação a secretária de Educação Profissional e Tecnológica, Eline Nascimento; o reitor do Ifal, Sérgio Teixeira; o assessor especial do Núcleo Estruturante da Política de Inovação (Nepi) da Setec, Paulo Leão; a diretora da Escola de Formação Profissional de Häme (HAMK, na sigla em inglês), Seija Mahlamäki-Kultanen; a diretora de Educação Global da TAMK, Carita Prokki, e o coordenador de Educação e Ciência da Embaixada da Alemanha, Jarkko Wickstrom.

Assessoria de Comunicação

Conif

(61) 3966-7202 / 3966-7203

Please publish modules in offcanvas position.